Hoje, nós da comunidade indígena Pataxó Hãhãhãe estamos muito preocupados, devido o estado que se encontra as estradas de nossa aldeia que dá acesso ao Município de Pau Brasil-Ba. Acreditamos que o prefeito de Pau Brasil Antonio José do Prado, não conserta  as nossas estrada por discriminar o nosso povo. e não por falta de condições.
A estrada é de chão, tem muito tempo que teve uma reforma, no ano de 2010, nos fizemos uma manifestação na prefeitura, aonde ficamos 3 dias dentro dela, do qual houve um acordo assinado pelo o prefeito que iria consertar as nossas estradas, esse acordo não foi comprido. uma comissão foi até a Capital de Salvador para pedir ajuda a AGERBA. A mesma se comprometeu consertar as nossas estrada, veio e fez trabalho em outra região aumentando ainda mais o anseio das lideranças. E o pior é que os problemas se agravaram. São 25 Km de estrada de dificílimo acessso, o motorista precisam adar entre 15 a 20Km/h. atrasa bastante a viagem.
Os problemas: sempre tem acontecido acidentes, principalmente nas curvas, por que a estrada só dá para usar um lado, é tanto que dois carros não pode passar pelo o outro em movimento no sentido contrario, pois um tem que para encostando bem na beirada da estrada,  e deixar o outro seguir. Em época de chuva é que piora ainda mais a situação, os carro atolam, e tem local que carro não consegue trafegar. Isso tem gerado grande prejuízos, pois tem carro que estoura o carte do motor, outro quebram fecho de mola, amortecedor, pneus e os poucos motoristas que aceitam fazer frete cobram bem mais caro o valor. Os ônibus dos estudante, tem trecho que precisam fazer manobras arriscado colocando em risco a vida dos estudantes. Os carros da saúde, os motorista imaginam se tiver uma emergências, pois a estrada não dá condições para correr com o veículo… As verduras que os índios produzem está complicado de transportar, pois os fretes ficam bem mais caros. Os carros que pegam todos os dias os leite estão pensando em desirtir, os carros tem quebrado bastante e acaba o dinheiro que ganha só tem servido para consertar o carro. E isso tudo tem causado um transtorno para a população indígenas que depende da renda da agricultura e da pecuária.
Gostaríamos que esse documento,ficassem como registro e que as autoridades tomassem providencias com a nossa estradas, e que os passeiros possam encaminhar a uma organização que possa nos ajudar consertando as nossas estradas, nós Pataxó Hãhãhãe agradecemos.
A estrada de Água Vermelha
Foto: Ararawã
Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito grave a questão de ataques a indigenas, ainda mais nestes onnibus vai a escola muitas crianças acreditando numa vida melhor através da educação. A estrada precisa ser consertada urgentemente, as vias de acesso com buracos deixam os indíos vulneráveis, ataques constantes acontece pelo fator da terra um direito originário.

  2. Essas estradas estão um terror, e por incrível que pareça isso não de agora. Muito tempo que vem se tendo relatos da inadequação deste trajeto, e nada de inteligente foi foito pelos os devidos responsáveis, desta “estrada” em formato de “obstáculo”. Isto é um descaso!!!

  3. Até quando esse povo vai fica sofreno com essa situação precisa de solução,só entra e sair prefeito e eles não faz nada o povo sofreno e ninguém faz nada o povo pede socorro!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here