A educação da aldeia Pataxó Hãhãhãe sofrem Nepotismo, responsável a DIREC-7

“Foi realizada no dia 22 do corrente mês a noite, a reunião da coordenação da educação do Colégio Estadual da aldeia Caramuru, com a participação do colegiado e lideranças indígena. Objetivo foi rever assuntos internos, mas aconteceu uma surpresa, familiares indígenas reivindicaram o desrespeito com os índios que feziram o concurso.

Três mães dos jovens que participaram da seleção, reivindicaram da coordenação do colégio estadual da aldeia indígena Caramuru, respeito com os indígenas que fizeram o concurso e mais transparência quando surgir empregos dentro da aldeia no setor educação. As Mães acreditam que ouve fraude nesse concurso. acham um absurdo o fato de Nepotismo dentro do colégio, aonde se encontra irmão, cunhados, tios e sobrinhos de membros da direção do colégio, que vem assumindo a maioria dos empregos da educação. A maioria dos funcionários são parentes de Agnaldo Francisco (coordenador pedagógico), Margarida Rocha (Diretora) e Ivonete Prerira (vice diretora). O ultimo concurso que aconteceu foi uma fachada. A coordenadora da DIREC-7 tinha nos afirmado que seriam 13 vagas para professores, no dia do concurso, a direção do colégio deu a noticia que só precisava de 8 funcionários, depois que foi realizado o concurso com 32 pessoas concorrendo, onde 20 dias depois chegaram os resultados, apenas 6.foram classificados. Até hoje não sabemos aonde foram parar as outras vagas. O pior é que mais 2 pessoas, primos da vice diretora Ivonete foram favorecida com o emprego. O que me despertou a duvida, toda vezes.

O maior motivo que me leva a fazer essa carta é a falta de transparência e as coisas errada que vem acontecendo no colégio. Já dois concursos que acontece na aldeia, o primeiro foi na sede da DIREC-7 aonde participaram mais de 60 candidatos, o maior valor era títulos, ou seja, que tinha mais documentos de atividades com trabalhos na comunidade indígena era que conseguia as vagas. Do qual discordo, porque alem dos títulos é preciso demonstrar os conhecimentos em um prova. Acredito que foi uma jogada para garantir emprego para pessoas protegidos. Desfavorecendo assim uma boa educação. Outro fator era que a chave para entrar no emprego era apenas uma carta assinado pelo o diretor do estado (Marcos Bispo), o que me deixou bastante indignado com a traição e desrespeito com os outro concorrentes, que foram enganados achando que estavam participando de um concurso serio.

E o ultimo concurso, só chegou à informação apenas das pessoas que conseguiram as vagas de empregos, demonstrando assim um desrespeito com os outros candidatos, aonde deveriam devolver as provas e mostra aonde foi que os candidatos erraram.

Quero ainda cobrar a vaga de empregos para a minha filha que é deficiente e concorreu ao concurso e não foi “classificada”, o que acho uma forma de discriminação e desrespeito muito grande, já que a lei garante cotas de empregos para o deficientes físicos, que essas carta chegue aos conhecimentos da sociedade e autoridades desse nosso Brasil. Está previsto em Lei nepotismo é crime, culpado de tudo isso é a Direc-7 que não respeita as lideranças da nosso aldeia, que educação educação diferenciada, é diferenciada porque é pior… ”

Cata de : Zenólia Souza Melo
Mãe de Damones Souza do Santos( fez o concurso e é deficiente das pernas)

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

8 COMENTÁRIOS

  1. Essa carta busca uma transparência diante do concurso, a qual está em seu perfeito direito e acredito que essas iniciativas realmente podem fazer algumas mudanças na mentalidade das pessoas da nossa aldeia.
    Pequena que esta iniciativa é tomada somente agora. em outros processos seletivos já realizado dentro da Aldeia por órgão como a FUNASA e que também nunca divulgaram RESULTADOS E MUITO MENOS PROVAS dos candidatos concorrente o que no meu haver é também uma tremenda falta de transparência e uma grande falta de respeito para com os candidatos. Inclusive tenho amigos (as) que sofrem com isso e até eu mesmo em momento oportuno onde participei do processo seletivo da FUNASA.
    enfim a atitude é louvável mais precisa rever o contexto se a DIREC tem a sua parcela de erro. a FUNASA também tem. eu nunca vi um processo seletivo aqui onde os resultados sejam claros; pare um pouco e faça uma analise!!!!!
    Saudações

  2. JÁ QUE NO SEU DEPOIMENTO DIZ EM TRASPARÊNCIA, NO PROXIMO DEPOIMENTO VC SE INDETIFICA COMPANHEIRO…OLHA A ZENÓLIA ESTÁ COMPLETAMETE CORRETA, ELA QUEM SOFREU ALI NO CARAMURÚ AINDA ADOLECENTE, SEUS FILHOS NASCERAM E SE CRIOU-SE ALI, NUNCA SAIRAM DA ALDEIA TEM SUAS RAZÕES, VEJO PESSOA QUE NUNCA MOUROU EM ALDEIA NUNCA SOFRERAM, Ñ TEM HISTÓRIA E Ñ TEMOS CERTEZA QUE SÃO NDIOS E ESTÃO TRABALHANDO…ISSO É UMA VERGONHA, ESTE COLÉGIO FOI CONSTRUIDO PARA OS PATAXÓ HÃ-HÃ-HÃE, PERTENCE A COMUNIDADE, SE O FUCIONAMENTO NÃO ESTIVER DE FORMA CORRETA QUEM TEM QUE DECIDIR É A COMUNIDADE, ASSIM QUE NÃO PODE FICAR, EU FICO TRISTE DE VER MEUS SOBRINHOS ESTUDANDO NA CIDADE, VEJO UM COLÉGIO TÃO BINITO COM TODA ESTRUTURA, COISA QUE Ñ TIVE NA MINHA ÉPOCA OS PAIS FORAM MATRICULAR POR FALTA DE DIREÇÃO, ORGANIZAÇÃO E DICIPLINA, SEGUNDO ELES. E SÃO VARIOS CASOS ASSIM DE CRIANÇAS ESTUDANDO FORA DA ALDEIA… OTRA COISA QUE EU FICO INDIGNADO “JERUZA” TINHA QUE DAR UMA OPORTUNIDADE PRA ELA, É UMA PESSOA INTELIGENTE, CAPAZ, E TEM UMA HISTÓRIA MUITO TRISTE, LEMBRO COMO HOJE, ELA AINDA CRIANÇA COM SEUS CINCO IRMÃOS FICARAM ORFÃ DO PAI,”JACINTO RODRIGUES”, QUE MORREU DE FORMA CRUÉL E BRUTAL PARA DEFENDER O NOSSO TERRITÓRIO, EU ESTAVA JUNTO LEMBRO DE TUDO E SEI O QUE ISABEL SUA MÃE PASSOU PARA TERMINAR DE CRIAR ELES SOZINHA, ERA UMA PESSOA QUE MERECE OPORTUNIDADE.. TEM PESSOAS QUE Ñ TEM MUITA PRECISÃO MAIS COMO DIZEM QUE OUVE FRAUDES NO CONCURSO CABE O POVO PEDIR PARA INPUGNAR E FAZER OUTRO, AGORA TEM QUE SABER O QUE VAI FALAR E ESCREVER PARA Ñ SOFREREM AS CONSEQUÊNCIAS… OLHA EU VOU FICAR POR AQUI SE NÃO EU VOU FALAR O POR QUE ELES NÃO DÃO UMA OPORTUNIDADE PARA JERUZA… ESSA EU VOU BUSCAR NO FUNDO DO BAÚ AI VAI MEXER COM MAIS GENTE…DEIXO PARA O PROXIMO EPISÓDIO…UM ABRAÇO A TODOS INDIOS E NÃO INDIOS

  3. Caros amigos, é verdade e insano que temos que “respeitar” a piramide que existe na Direção do Colégio do Caramuru… é preciso que não haja politicagem na educação dos nossos filhos que são os alunos e que merecem o respeito dessas pessoas (Direção)que acham que são donos da VERDADE.
    É preciso que haja muito profissionalismo e ÉTICA para que se conquiste uma educação de qualidade e DIFERENCIADA, O QUE POUCO VEMOS.
    É preciso haver uma mudança com Profissionalismo Educacional Indigena, pois Marcos Bispo não tem esse conhecimento, lembra do Lançamento do Livro Indigena que lançamos no Colegio? ele disse que o nosso Livro era “torto” e sem Cultura” precisamos de pessoas que vejam a Educacção Indigena como um baú de tesouro a ser descoberto para o conhecimento e não como um meio de ganhar vantagens politicamente e financeiramente.
    Zenolia tem razão em reivindicar os direitos garantidos aos indigenas e sua filha além de ser indigena é deficiente e segundo a legislação brasileira os deficientes tem vaga garantida.

  4. Caros companheiros (a) Parentes (a)
    Bom dia
    Vou apresentar para todos a nossa Escola
    Nós somos do povo Pataxo Hã Hã Hãe e temos mais ou menos três mil indígenas
    Colégio Estadual da Aldeia Indígena Caramuru Catarina Paraguaçu
    Temos mil alunos , dividido nas modalidades de educação infantil,
    Ensino fundamental I e II e ensino médio
    Temos no colégio 54 pessoas cursando nas universidades, UNEB UESC UFBA.UNIVES, UNIME diferentes cursos , Direito , Matemática.Filosofia, Administração, Pedagogia, Licenciatura Intecultural
    O corpo docente é formado por 55 professores
    O pessoal administrativo são 11
    E o pessoal de apoio são 15
    Temos 19 salas de aula dessas somente 8 é construída e equipada devidamente as demais são improvisadas, espalhadas em varias aldeia, Braço da duvida, Ourinho,Água Vermelha, Serra e na aldeia Sede Caramuru , Mas já temos projetos de construção de mais 12 salas de aulas espalhadas nas diversas aldeias, os projetos já estão em fase de licitação, segundo informação da séc. de educação
    Quanto ao funcionamento há mais de 15 anos nos adotamos o regime democrático na nossa escola onde as direções indígena é escolhida pela comunidade e durante este tempo mais de seis parentes já passaram pela direção indígena é a comunidade que avalia a direção e decide se os membros da direção continua ou há necessidade de fazer eleição para eleger outras pessoas para direção assim como ficou acordado com a comunidade no inicio deste ano em reunião
    Quanto ao Nepotismo, depende do ponto de vista pois aqui na aldeia quase todos são parentes pois somos somente cinco grandes famílias eu por exemplo só tenho uma irmão trabalhando na escola que é professora há muito tempo
    Quanto aos processo de ocupação dos cargos para emprego ou é feito em reunião com o colegiado , direção, lideranças e caciques ou no processo seletivo que o mesmo é coordenado pela a Coordenação de Educação Escolar Indígena da Séc. de educação assim como foi coordenado a ultima seleção, a seleção do Redá foi discutida com todos os indígena da Ba e o Fórum de educação escolar indígena
    Então a nossa educação tem muito o que fazer para podermos alcançar a educação que queremos e quem acompanha a escola e testemunha da nossas lutas , mas as deficiência não é só nossa mas sim de toda educação do nosso País , Mas é bom debatermos a qualidade de nossa educação de fato assim como o projeto que estamos desenvolvendo com a UEFES e com a UESC , então a nossa escola ainda é uma das melhores de nosso Estado
    Quanto as reivindicação de empregos o que deve ser discutindo é dentro de um foco individual e não da escola como um todo é lógico que quem se sente prejudicado dever recorre para ter seus direito respeitados o que dever ter cuidados de não colocar um foco pro lado errado e acusar pessoas que não tem nada haver com o peixe
    Nos temos um grupo de professores na escola que trabalharam vários tempo voluntariamente , e ai isso ninguém cometa, Precisamos discutir muito a nossa educação conjuntamente com a comunidade pois somos um povo democrático e temos direitos e dever e precisamos observar os dois
    Diante do que foi exposto poucas escolas do nosso estado estão no nível da nossa mais temos muito o que conquistar e estamos a disposição de dialogar com quem entende a educação como um todo e muito importante para o nosso povo como instrumento de luta e libertação o que queremos é transforma a educação escolar indígena na educação do nossos sonhos e só juntos conseguiremos, com muita humildade e respeito e discutindo as nossas questões no Fórum ideal que é a nossa comunidade
    Vou colocar qui o contato da Coordenação indígena da secretaria de Educação em Salvador ( coordenadora Rosileni Tuxa 71-3115 8915)

    Saudações indígena
    Agnaldo Pataxó
    Coordenador pedagógico/ fundamental I
    caee

  5. Prezados, sociedade sou apenas um membro dos indios online. E apedido da parente Zenolia Souza Melo, postei ca carta dela. Quero declará que esse site é um espaço aberto para a promoção da justiça.
    Então cada pessoas podem fazer seu comentario, e colocar o seu ponto de vista. O indios não devem ser subjulgado pelos os potentes. Mas o indios é um ser humanos com direito a acertar e erra. Se está tendo esse problena em nossa aldeia é porque alguem cometeu uma ação errada. e de toda ação´há uma reação.
    Porém, qualquer indio ou india que me procurar para reivindicar os seus direitos, eu estou aí para ajudar a divulgar o seu sentimento.
    Aqui tem muitas coisa qu realmente precisam ser melhorado e respeitado.

    Todos podemos está fazendo por um mundo melhor… respeitando o outro e cuidando para que a nossa comunidade não venha ter uma perca maio de valores dos seus originarios, que são os verdadeiros protagonista da história do Povo Pataxó Hãhãhãe.

  6. É NEM SEI O QUE DIZER…MAIS FICO TRISTE PQ ESTAS PESSOAS Ñ SE INDENTIFICAM, NA MINHA OPINIÃO TORNA-SE SEM EFEITOS AS OPINIÇOES DESTES ELEMENTOS…ESSE REVOLTADO ESTÁ REALMENTE REVOLTADO..KKKKKK.
    EU ACONSELHO O COMPANHEIRO QUE ESCREVEU A METÉRIA EXCLUIR ESTE RELATO A CIMA CITADO PELO O TAL REVOLTADO…AGORA SE ELE SE INDETIFICASSE, PODERIA MANTERMOS A SUA OPINIÃO…E NA HORA DE ABRIR O BAÚ SÓ EU QUEM SEI A HORA CERTA… NAS MINHAS OPINIÕES GOSTO DE CRITICAR O GOVERNO, AS BRIGAS INTERNAS RESOLVEMOS ENTRE NÓS INDIOS… E OLHA O QUE ESCREVE, PQ SE Ñ TIVEREM PROVAS AS CONSEQUENCIAS VEM DEPOIS…MEU CARO MANO POR FAVOR DELETA ESSE COMENTÁRIO RIDICULO PQ Ñ TEM NADA HAVER COM O ASSUNTO…CARACTERIZOU MAIS UMA DIVERGENCIAS POLITICA E PESSOAL E A NOSSA REALIDADE É OUTRA..
    EU FICO POR AQUI MEUS CAROS IRMÃOS INDIOS E Ñ INDIOS.

  7. Preezados parente e sociendade. A carta que foi postada está sendo culpado é a direc-7, apenas ajudei a uma india que foi prejudicada pélo a má administração do colegio, Porém acho que o Revoltado esta sendo oportunista… aproveitando de uma situação séria e disvinvulando o objetivo do eomentario. Concordo meu mano, se caso o Revoltado tornar a posta comentario, divesando do tema quie está sendo postado será excluido… sempre. Problemas da comunidade é resolvido na comunidade… se tem alguma magua de algun indios e tem prova que ele resolva de forama legal e não como um covarde que tem medo de se indentificar.
    Abraço a todos os meus parente que lutam por justiça.
    Excluir… com maio respeito a minha comunidade Pataxó Hãhãhãe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here