Entre os dias 17 a 20 de maio na aldeia Capim de Planta aconteceu a 9ª Assembléia do Povo Xukuru do Ororubá-Pesqueira-PE,cujo o tema foi “Fortalecer a Organização Para Enfrentar a Criminalização”, com participação de alguns povos de Pernambuco, Pankararu, Truká,Kapinawá, Kambiwá, Potiguara da Paraiba e Anacé do Ceará, das entidades e apoiadores da causa, entre elas Indios On-Line se fez presente para fazer a cobertura do evento.
No primeiro dia do evento, teve a abertura solene com o canto dos toantes do povo Xukuru, com a coordenação do Pajé Zequinha e após os cantos teve a mediação da Liderança Xukuru Agnaldo e o Cacique Marcos Xukuru, que apresentaram a participação ilustre do Pajé Zequinha Xukuru, Dona Zenilda e demais parceiros que falaram sobre a espiritualidade, historia e a dificuladades que o povo Xukuru encontram ao longo dos tempos.
No segundo e terceiro dia do evento, aconteceram algumas discussões sobre o assunto de criminalização dos povos indigenas, mas o grande foco mesmo desses dois dias foram os trabalhos em grupo, onde o objetivo era apontar as dificuldades e avanços que o povo vinha encontrando ao longo dos tempos, e apontar soluções construtivas.

O ultimo dia da Assembléia como ja é de tradição, ouve uma Missa em Homenagem ao grande Cacique Xicão Xukuru, essa missa foi realizada na aldeia Pedra D’água, onde encontra-se “plantado”, como dizem os Xukuru, o corpo de Xicão. Após a missa, mais de cinco mil pessoas que se faziam presentes, desceram em caminhada para a cidade de Pesqueira, cujo o tema da caminhada foi o mesmo da Assembleia. Assim ao chegar ao termino da caminhada exatamente no local onde Xicão foi assassinado a 11 anos atrás, algumas lideranças locais, de outros povos indigenas presentes e parceiros, fizeram suas falas citando sempre o tema da Assembléia.

Assistam o video do resumo da 9ª Assembleia do povo Xukuru.

Imagem de Amostra do You Tube

Ayda Pakararu
suedpank@gmail.com
Cris Xukuru
crisxukuru@gmail.com
Alex Pankararu
alex@indiosonline.org.br

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A assembleia do povo xukuru esse ano abordou um tema muito importante que foi fortalecer a organiçao para enfrentar a criminalizaçao onde pessoas inocentes sao presas injustamente.

  2. Desde que li, a nota/texto de D. Pedro, a respeito da condenação do Cacique Marquinho, entristeci-me profundamente… Faço a transcrição, de um pequeno, mais mui significativo texto, para que os visitantes e demais nações tomem conhecimento da solidariedade deste santo homem e, com ele, a de todos nós que, ainda acreditamos, com suor e luta, teremos nesta terra a tão sonhada TERRA SEM MALES:
    Querido povo Xukuru, povo do patriarca Xikão, mártir dos direitos do seu povo e do meu afilhado Marcos, o Marquinho, tão admirado.

    Me associo ao testemunho de milhares do Brasil e do exterior, que respaldam vossa luta pelos direitos fundamentais de terra, cultura, justiça e paz. Denunciamos as fraudes, a corrupção comprada e a insensibilidade de certas autoridades estaduais e federais.

    Com vocês e com esses milhares de irmãos e irmãs solidários, louvamos de coração a declaração tão certeira do bispo de Pesqueira (PE), Dom Francisco e renovamos nosso compromisso de vivenciar a causa indígena, e concretamente a causa Xukuru, em uma solidariedade fraterna.

    O sangue dos nossos mártires e o testemunho dos nossos patriarcas e matriarcas nos batizam de coragem e de esperança.

    Recebam um forte abraço de comunhão e um beijo no coração de cada um e na terra Xukuru mesmo.

    Dom Pedro Casaldáliga
    Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia

    D. Zenilda, mulher/mãe/guerreira, somente a força de tão grande e corajosa matriarca é um grande incentivo!
    Neste momento, Marquinho, líder maior desse povo resistente, saiba não está sozinho… ÍNdio é liberdade, é natureza, é vida vinda da terra e como a mãe terra, forte para sustentar e sustentar-se!
    A luta do grande Xicão não foi vã… nem será a de tantos que tombaram e outros tantos que resistirão, até que tenham respeitados seus mais sagrados direitos!

    Padre Motinha
    Palmeira dos Índios – AL

  3. DAMIANA XUCURU DISSE:SOU UMA INDIA E TENHO MUITO ORGULHO DISSO MUITA GENTE AS VEZES NAO FALAM DE ONDEM VEM,MAIS EU NAO NUNCA NEGUEI A MINHA ORIGEM,ACONTEÇA O QUE ACONTECER MAIS NUNCA VUO NEGAR A MINHA ORIGEM,SOU UMA INDIA XUCURU E PRONTO DOA A QUEM DOER,SEMPRE GOSTEI DOS INDIOS NA NOITE DE SÃO JOÃO SEMPRE PASSEI A NOITE TODA JUNTOS DELES,HOJE SINTO A MAIOR FALTA DE ESTAR JUNTOS DELES,TENHO TODA CERTEZA DO MUNDO COMO MEU LUGAR É NA VILA DE CIMBRES MAIS COMO O DESTINO AS VEZES NOS LEVA PARA OUTROS LADOS TIVE QUE SAIR DE LA PARA MORAR EM OUTRO LUGAR,MAIS NUNCA VOU ESQURCER DO MEU POVO.BEIJOS PARA TODOS.

  4. DAMIANA XUCURU DISSE:QUERO DEIXAR BEM CLARO A MINHA ADMIRAÇAÕ E O MEU CARINHO PELA A MULHER GUERREIRA E BATALHADORA QUE É DONA ZÉNILDA ESSA SIM É UMA MULHER DE FIBRA E DE COROGEM,SEMPRE ESTAR PRONTA PARA DAR A VOLTA POR CIMA NUNCA DEIXA SE ABATER COM AS COISAS QUE ACONTECE EM SUA VIDA,CONTINUI SEMPRE ASSIM FIRME E FORTE, E QUANDO PRECISAR PODE CONTAR COMIGO SOU SUA AMIGA DE VERDADE,FORÇA E CORAGEM E DISSO EU TENHO CERTEZA QUE A SENHORA TEM,NUNCA DEIXE SE ABALAR COM AS COISAS NEGATIVAS DA VIDA,A SENHORA TEM MUITA GENTE QUE A AMA MUITO E EU SOU UMA DELAS MESMO SEM SER DA FAMÍLIA,MAIS TENHO UM GRANDE AMOR PELA A SENHORA.BEIJOS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here