A União da Juventude Pankararu – UJP- tem o compromisso de contribuir com as discussões de gênero nas Aldeias, a fim de ampliar o debate sobre igualdade de direitos entre homens e mulheres.

Enquanto formadores/as de opinião, temos que inserir no cotidiano do povo, reflexão sobre todas as formas de descriminação.

A reprodução da descriminação de gênero, acontece inclusive de forma velada, sutil. Está presente nos livros didáticos, nos símbolos, na linguagem, nos conceitos e conteúdos didáticos.  Por exemplo: ainda se diz que o menino é mais forte, esperto, curioso, corajoso (espelho do papai), portanto homem não chora, quem chora é menina, que é frágil, doce, meiga (espelho da mamãe). Em muitas Aldeias, ainda se reverencia a mulher como rainha do lar, responsável pela limpeza da casa e pelos cuidados com os filhos. Já o homem é visto como o provedor da família trabalha fora, garante o sustento – é o chefe.

 Essa reprodução vai além e se manifesta na repressão aos comportamentos e expressões e expressões da alma e do corpo. Ao menino cabe soltar pipa, jogar bola, soltar o corpo. À menina cabem as brincadeiras de roda, de boneca e, claro, comprimir e anular seu corpo.

 8  DE MARÇO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

 No mundo inteiro, as comemorações do 8 de março estão vinculadas às reivindicações femininas por melhores condições de trabalho, por uma vida mais digna e por uma sociedade justa e igualitária. Essa luta é antiga e contou com a força de inúmeras mulheres que nos vários momentos da historia resistiram ao machismo, à descriminação e a tantas outras formas de violência.

 Não há precisão histórica sobre a escolha da data, pois existem controvérsias sobre o fato ou evento que a originou.

 O 8 de março passou a ser comemorado com mais intensidade, no mundo inteiro na década de 60, com o fortalecimento do movimento feminista. Em 1975, a Organização nas Nações Unidas (ONU) instituiu a data como o Dia Internacional da Mulher.

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. se falando no dia internacional da mulher é dia que muitos tem abraça apertar com amor e carinho, hoje no nosso pais brasileiros muitos não sabem qual o valor da mulher o ela foi capaz de fazer por todos nós que vive na parte dessa terra, se hoje nascemos graças um lindo casal que nos colocou ao mundo, certo que todos um dia tem que pecar qual foi o maior erro desses pecados,hoje lutamos com força para dar um melhor de se para as mulherse brasileiras…agradeço muito lafaete por sempre está com nosco a vida do guerreiro poder sempre ser transparente assim gostei muito dessa matéri dando se o valor das mulheres.
    Fica com deus !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here