Mais de 250 pessoas, entre delegados indígenas(usuário),  gestores municipais, trabalhadores e convidados, participaram da Etapa Distrital, na 5ª Conferencia Nacional de Saúde Indígenas, realizado na capital Salvador Bahia, entre os dias a 12 a 15 de outubro, Promovida pelo o Ministério da Saúde, e Secretária Especial de Saúde Indígenas(SESAI). Em conjunto com as lideranças indígenas. Essa tem o objetivo de criar e aprovar proposta para uma saúde de qualidade para a população indígenas. 

Os delegados indígenas aprovaram diretrizes que venha melhorar a nossa saúde. Foram todos bem representados, vária idéia foram aprovada para melhoria no serviço de saúde. No evento teve duas situações que chamou bastante a atenção, uma dela é o Movimento em defesa dos Índios com necessidade Especiais, apresentado pelo o líder do movimento Paulo Titiá, que também é especial, por ter sofrido com a paralisia infantil quando era criança. Desde muito tempo que vem cobrando por uma atenção aos indígenas especiais, que são esquecido pelo o governo. Todos no evento ficaram perplexo, ao ver a apresentação no telão fotos de alguns índios deficientes(cegos, mudos, paralíticos, doente mentais….) sem assistência adequada as necessidades. Com isso o coordenador do DSEI Sr. Jerry Matalawê, se comprometeu perante a plenária arcar com a despesa de viagem e garantir a representação de Paulo na conferencia em Brasilia na etapa nacional, agendada para o próximo mês de novembro. Foi bastante aplaudido pela as lideranças presentes. Agora Esse líder poderá apresentar essa nova politica de saúde na conferencia nacional.

Outro foi aprovação de uma proposta no evento, aonde é necessário a construção de um Hospital a a nível de estado para cuidar de indígenas que precisam de uma assistência de media e alta complexidade. em todos os estados do Brasil, isso para atender a saúde dos povo indígenas.  Foi explicado pelos os delegados uma das causas da motes em áreas indígenas e a falta de um atendimento de urgência e emergências, além de enfrentar fortes preconceito nos serviço de saúde pública do país.

Maria Madalena Braga DSEI-BA, foi bastante parabenizada pela a organização do evento, com toda a sua equipe composta por representantes indígenas e funcionários do órgão SESAI.

 

Comentários via Facebook
COMPARTILHAR
A muito tempo lutando em prol do Povo indígena do qual faço parte, até ameaças de morte já recebi. Mas não me calo! pois os espíritos de meus antepassados está comigo. E a proteção de Tupã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here